02 maio 2009

Infidelidade: Será que isso é anormal????

Olá caros leitores e amigos!!!!

Ultimamente estou em falta com vocês, porém vou explicar o que ocorre na vida da pessoa aqui. Em primeiro lugar, agradeço do fundo do coração por continuarem visitando esse blog e em segundo lugar vou continuar escrevendo, mas com um espaço de tempo entre as postagens.

O tema desse post será sobre infidelidade, algumas pessoas sabem que gosto muito desse tema e que pretendo levar uma pesquisa cientifica sobre o tema, mas não vou me aprofundar muito nesse tema hoje.

Bom o que sempre li, vi e ouvi sobre isso sempre me desagradou e me deixa desgastada profundamente. Sempre ouço assim “Se traiu é porque não ama”; “Se você fica com alguém uma vez só e é só por prazer não é traição”, etc.

Sabem o que eu penso sobre isso??? Penso que todo ser humano tem uma certa inclinação para cometer a infidelidade, parto do princípio de que se existe dois indivíduos que se relacionam a muito tempo, essa relação em algum ponto torna-se desgastada e justamente é nesse ponto que pode ocorrer, ainda mais se a pessoa tem uma convivência muito próxima com alguém atraente. Mas isso também não quer dizer que todas as pessoas atraentes são geradoras de infidelidade, claro que não.

Voltando a infidelidade, não acredito no ser humano como um ser monogâmico 100%, pois nos apaixonamos várias vezes na vida e inclusive existe divórcio exatamente para que não sejamos obrigados a amar uma pessoa a vida toda, ainda bem né?

Outro dia estava conversando com um grande amigo na internet, falando justamente desse tema, ele pegou num ponto que concordo com ele. Quando começamos a namorar fazemos um acordo verbal com a outra pessoa e algumas coisas ficam estipuladas naquele momento, mas o principal é o acordo de monogamia.

Em alguns relacionamentos não ocorre à infidelidade, mas a vontade às vezes ocorre e isso é normal, não somos únicos, existem várias pessoas maravilhosas nesse planeta, mas dentro de um relacionamento existe algo mais importante que essas outras pessoas: o respeito pelo acordo.

Vou citar algumas ocasiões que pode ocorrer a infidelidade:
• Relacionamento em crise;
• Relacionamento desgastado;
• Parceiros (as) megalomaníacos;
• Crises pessoais;
• Falta de amor (relacionamento acomodado por medo da solidão);

Ninguém gosta de ser traído, nem por amigos e muito menos por quem amamos afetivamente, mas às vezes o desejo é tão grande que não conseguimos resistir aos nossos impulsos. Às vezes nosso relacionamento está tão conturbado, desgastado e triste que precisamos de felicidade, carinho e justamente nessas horas que precisamos de namorado (a), somos abandonados e acabamos procurando em outro lugar. Às vezes ocorre aquela traição física somente, não amorosa, quando nos sentimos atraídos somente sexualmente por outra pessoa e passa depois que ocorre o ato sexual.

Então meus queridos, não acho extremamente anormal esse tipo de comportamento, é algo da natureza humana, pode ser algo narcisista ou carência afetiva, mas existe entre todos os seres humanos. Não é porque trai que não ama, às vezes ama até demais e não consegue segurar a onda. Sei que algumas pessoas não conseguem olhar para esse assunto de forma racional, mas já vou avisando, não sou favorável a infidelidade, só julgo como algo inato do ser humano, assim como o ciúme, amor, ódio, etc.

Bom próximo post não tenho ideia de quando vou ter tempo para escrever, vou tentar escrever algo o mais breve possível.


Grande abraço à todos.