09 outubro 2014

Cardápio Afetivo e Sexual: qual o menu principal para hoje?

Olá colegas, amigos e leitores!

Atualmente o mundo nos oferece um cardápio de pessoas interessantes e de relacionamento descartáveis, mas tudo depende de nosso interesse, o cardápio é vasto, mas pagar o preço de uma coxinha de boteco é bem mais barato do que pagar um prato fino com trufas.

Antigamente em um passado recente existia muito bem firmado o acordo social de que mulher para casar, era a submissa e seria capaz de cuidar da casa e da educação dos filhos e a mulher para farra era a prostituta.

Engana-se quem acredita que o Brasil mudou muito nesse sentido, o que vejo em relação às mudanças, é que pagar uma garota de programa hoje em dia é luxo, pois a demanda de mulheres solteiras é grande e acredito que o universo masculino ainda não entendeu que estamos entrando num processo de diluição de gêneros.

Ainda existe a falta de respeito com o universo feminino, seduzem as mulheres, demonstram credibilidade, nos fazem acreditar que existe afeto, mas no fundo é só para levar para cama e contar vantagem, mas se mulher se apega ela ainda é tida como errada, pegajosa, nojenta, etc, pois o guri acredita que deixou bem claro que não queria nada. Falta esclarecimento da parte do universo masculino sobre suas pretensões e o resultado somos nós sofrendo horrores.

Querides, as mulheres em sua maioria não conseguem manter por muito tempo a relação de sexo casual e para piorar a situação, digo isso pensando na grande maioria das mulheres que conheço, é a sensação de vazio gigantesco que esse tipo de relacionamento gera em nós, o que acaba por fazer a mulher implorar carinho e nisso acaba mantendo o sexo casual por migalhas afetivas, enquanto o querido homem, não se importa e continua sua vida como se nada acontecesse.

Sugiro a reflexão e que pensemos nossas vontades e atitudes, pois a falta de preocupação com o próximo é o pior dos crimes que podemos cometer, atualmente é muito difícil para nós mulheres entendermos as intenções do sexo oposto e isso acaba por gerar muita dor infelizmente.

Deixo algumas músicas do Chico Buarque para melhorar a reflexão.


















Nenhum comentário: