24 dezembro 2013

Natal: Gota d'água do mundo capitalista e outras reflexões sociais.

Olá colegas, amigos e leitores queridos!

Hoje pela manhã estava assistindo um vídeo de natal com minha caçula e foi como uma porrada no meio da nuca, comecei a refletir sobre o Natal e sobre o significado do Natal e fiquei muito triste e decepcionada com a vida e com o ser humano.

Natal a meu ver, deveria ser uma época de reflexão, de amor ao próximo e não de gastar mais do que se ganha em presentes, o capitalismo roubou mais uma data do calendário, vendendo necessidades que são criadas para alimentá-lo. Veja bem meus queridos, até a decoração natalina nos remete ao que não é cultura nossa nesse período do ano, a neve  por exemplo, deveríamos decorar a árvore com gotas de chuva em um belo de um coqueiro, aqui tem chuva, não neve.

Mas não vim aqui falar de Natal somente, vim trazer minha indignação com o mundo, pois o ser humano está se esquecendo de ser-humano, a coisa hoje em dia é pior, na época dos meus pais, as pessoas recebiam educação de verdade, porém ainda era o resquício da era sólida, da época em que existia frustração como aliada do desenvolvimento da mente.

Hoje em dia na era fluída não se permite o movimento da frustração, é a era da satisfação imediata, pois essa satisfação imediata nutre o sistema capitalista e o sistema não enxerga o indivíduo e sim o acumulo de capital.
Ouço várias vozes no meu cotidiano reclamando de tudo, mas não vejo o movimento de mudança, elas continuam cegas e acomodadas e não se permitem pensar de verdade na maneira ilógica que vivem, não se dão o direito, seguem o barco da maneira que dá, passam a vida.

A TV vende a todo momento violência, intolerância, incompreensão, valores distorcidos das coisas e satisfaz em nossa mesa do café da manhã, almoço e jantar a nossa necessidade bélica e quando acontece manifestações como aconteceram esse ano todo, colocam os manifestantes como causadores da desordem e dos bons costumes, o que a televisão te vende é na verdade uma mordaça social, sim você é um amordaçado mental, que perde teu direito à reflexão quando dá credibilidade as coisas que são ditas, ou melhor impostas por esses veículos de desinformações, tenho nojo hoje em dia de ver determinados noticiários.

A gota d’água foi um jornalzinho de quinta querendo desmoralizar o SUS, dizendo que o Banco Mundial havia dito coisas que são mentira, o SUS é direito de todos vocês e é um sistema Marxista implantado no meio do capitalismo, está em pleno desenvolvimento ainda, existe somente a pouco mais de 20 anos, perguntem aos idosos como era na época que só existia a previdência se era bom, hoje em dia pessoas de todas as classes sociais podem se tratar, mesmo que ainda existam lacunas a serem melhoradas e preenchidas, o sistema de saúde brasileiro tem beneficiados várias pessoas, que se fosse na época da previdência estariam mortas.

Atualmente o SUS se preocupa com prevenção, tratamento e promoção de saúde, o dia que pensarem em criticar o SUS entrem em contato com o Conselho Municipal de Saúde da cidade de vocês e entrem na luta para melhora desse sistema, conheçam o sistema como ele é ao invés de ficar no achismo e falo mais, achismo te deixa na ignorância do que realmente são as coisas e alimenta o sistema capitalista, que não está nem aí para vocês, seres que pensam, sentem e amam.


Bom é isso pessoal, deixo meus votos de que todos tomem consciência do mundo e de como tudo isso está bizarro, deixo duas músicas do Barão Vermelho que foram muito felizes no álbum “Carne Crua” inteiro ao criticar de forma elegante e inteligente nossa atual condição.