06 janeiro 2013

Embalar: uma reflexão sobre a hipnose

Olá pessoas amadas do meu coração gigantão!

Ter criança pequena em casa de quem acabou de se formar dá nisso: reflexões e mais reflexões. Eu costumo dizer que a minha caçula tem me ensinado mais psicanálise do que todos os livros que já li e todas as aulas que assisti, afinal pra quem têm olhos pra observar, o desenvolvimento de um ser humano é algo extremamente maravilhoso.  

Estou com um texto quase escrito sobre psicopatia e evolução humana partindo de uma frase de Einstein, mas ainda não consegui terminar, então tive outro insight e resolvi escrever esse, porém esse texto é mais de perguntas do que respostas.

Certo dia estava eu embalando minha beberica, fazendo barulhinho repetitivo com a boca, meio parecido com música (não gosto de cantigas de ninar, acho um tanto terroristas) e consegui observar uma coisa: bebês dormem com a repetição, algumas pessoas ficam hipnotizadas com a repetição e fiquei com isso em mente até agora.

Acredito que isso seja de conhecimento geral, senso comum, rola até cena em desenho animado, a hipnose pode ser realizada através de sons repetitivos, movimentos repetitivos e eu fico pensando se essa repetição não seria nada mais, nada menos que um retorno a esse estado primitivo de nossa psique, em que nossos cuidadores nos embalavam repetitivamente até que pegássemos no sono?

Não estou dizendo que bebês são hipnotizados pelas mamães, mas que geramos esse soninho pelo embalar, pelo aconchego, pelo colinho gostoso, pelo cheiro, por amamentar embalando, etc.  Minha filhotinha pega na minha mão e dá a entender que só dorme quando eu pego a mão dela e começo a balançar repetitivamente.

Voltando ao ato de refletir: Fiquei pensando aqui, que nem todos nós somos passiveis à hipnose e se realmente isso ocorre, penso eu que necessariamente temos que ter uma espécie de segurança afetiva no hipnotizador, ou seja, temos que nos sentir em “casa” para desprender a mente a ponto de se deixar hipnotizar.

Deixo a pergunta para quem quiser responder, pode ser por e-mail ou aqui no blog mesmo: 

A hipnose tem mesmo essa ligação com o ato de embalar nos nossos primeiros meses de vida?


Pessoas feliz 2013 para todos vocês, se esforcem para fazer o ano de vocês melhor que o ano passado, pois acredito que se fizermos do hoje um lugar gostoso, o amanhã será um lugar melhor ainda e com lembranças maravilhosas, para saborearmos posteriormente.