30 julho 2010

Tragédias Gregas: somos destinados a isso!!!!

Olá pessoas queridas do meu coração!!!!

Hoje vou escrever um pouco sobre tragédias gregas e sobre o ser humano. Ao ler Édipo Rei de Sófocles e Medeia de Eurípides, pude constatar algo em comum entre essas duas tragédias, a forma como alguns autores gregos dão significado a palavra destino. Não digo da forma de destino como chegar em, ou a algo, mas sim do destino que reina sobre todos os seres humanos.

Os seres humanos estão destinados a bondade e como também a maldade ao mesmo tempo, posso ir além disso, nenhum ser humano seja por credo ou cultura, está destinado a ser incorruptível, afinal, todos somos corruptíveis, dependentes de nossos desejos. O que pode até existir é controle de alguns desejos, mas estamos destinados a querer satisfações.

Existe dentro de nós a dança das catexias, ou seja, somos tudo o que existe, somos mocinhos e bandidos ao mesmo tempo, investimos no que é de nosso interesse, visto que, jamais ajudamos o próximo por ajudar, sempre é em relação ao nosso prazer e se não for é obrigação, não é ajuda.

O ser humano está destinado a ser feliz, triste, raivoso, maníaco, perverso, eufórico, depressivo e isso tudo depende da forma como ele, somente ele, encara a fase em que vive, o momento em que passa sua vida. Os gregos só fizeram o favor de mostrar em sua arte, a arqueologia da psique humana, tudo o que está implícito em se viver, visto que as tragédias só mostram o ser humano na mais intima essência, na minúcia do mundo psíquico.

Que mulher que não pensou em vingança, assim como, Medeia que chega a matar a amante de seu marido e os filhos, só para privá-lo de todo afeto? Que pessoa têm afeto total pelo pai e a mãe? Sempre protegem um dos dois, o que se identifica mais, assim como Freud teoriza o complexo de Édipo.

Estamos a destinados a sermos humanos com toda alegria e desgraça que isso nos traz de bagagem e não adianta tentar fugir desse destino, pois ,isso nos mandará para as labaredas do inferno interior. Somos pecadores em pensamentos, não conseguimos segurar um pensamento perverso e muito menos não conseguimos enganar a nós mesmos.


Termino meu post informando alegremente que semana que vêm iniciam minhas aulas, então provavelmente vou postar com um espaço maior de tempo. Fiz um vídeo com a música "Mitos", que foi utilizada na abertura da novela Mandala, exibida pela Rede Globo em 1987.


Nenhum comentário: